Imagem: Whitelion61 - Shutterstock

O Curiocity, veículo de exploração terrestre em Marte, ao explorar a Cratera Gale, se deparou com uma formação rochosa curiosa: um pequeno arco de 16,5 centímetros (cm) que, a julgar pelo formato, poderia vir abaixo apenas com um vento mais forte. Porém, por alguma razão, essa formação rochosa se mantém firme na estrutura montanhosa onde foi encontrado.

Esse fato gerou um certa graça entre os cientistas que pilotam o rover aqui da Terra, com alguns referindo-se à formação como “caprichosa”. Isso porque a Cratera Gale é conhecida por ser uma área amplamente afetada por ventos fortes e alto volume de poeira e outras partículas levantadas por eles.


Formação rochosa estranha é bem pequena, mas por alguma razão resiste aos ventos fortes e à gravidade de Marte sem se mover. Imagem: NASA/JPL-Caltech/Divulgação

“Alguns enxergam uma cobra, outros enxergam chifres, e outros veem uma cepa de DNA, mas pelo menos por enquanto, o que eu vejo é um excelente mosaico nessa edificação estranho, provavelmente vinda da erosão diferencial nas rochas alteradas”, disse a geologista especialista em Marte, Gwénaël Caravaca.



Leia também
Entenda mais sobre os Planetas gasosos no nosso artigo

A geologista Michelle Minitti afirmou que a estrutura provavelmente é feita de material resistente à erosão, o que corrobora a sua resistência fora do comum para uma formação rochosa de tamanho pequeno.

Até o momento, ninguém arriscou um nome para a formação rochosa vista pelo Curiosity, o que não pode ser dito da comunidade de fãs do outro rover, o Perseverance, que recentemente viu o que ficou conhecido como “a Pedra do Cofrinho”. Se com esse nome, você lembrou da situação nada agradável que ocorre com suas calças quando você abaixa demais, então parabéns, você adivinhou o contexto e serve de prova que a mentalidade da quinta série dos seres humanos chegou em Marte.

Olha essa imagem e tirem suas conclusões.

“Moço, com licença, mas poderia ajeitar suas calças?”, disse o rover Perseverance, presume-se. Imagem: NASA/JPL-Caltech/Divulgação


Siga o MundialGeek nas redes sociais e não fique por fora dessa e mais notícias do mundo curioso de Marte.

Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem