Planetas gasosos são enormes planetas constituídos por grandes volumes de materiais gasosos, com essa característica temos no sistema solar: Júpiter, Saturno, Urano e Netuno.


Júpiter - encontra-se na condição de maior planeta do sistema solar, possui várias cores formadas a partir de gases, sendo 85% de hidrogênio. No universo existe uma abundância desse elemento, principal responsável pela formação das estrelas. As camadas do planeta são compostas por hélio em forma líquida e hidrogênio molecular, sua atmosfera se formou com hidrogênio e hélio gasoso.

Saturno - é um dos maiores planetas do sistema solar, superado somente por Júpiter, sua principal característica é a presença de anéis cintilantes que são visíveis da Terra. O planeta em questão possui um significativo percentual de hidrogênio em sua composição, além do hélio em menor quantidade. O interior possui um núcleo repleto de gelo e rochas, em volta é possível identificar uma extensa porção de hidrogênio metálico e outra camada com gases variados.

Urano - é um planeta gasoso, embora seu núcleo seja constituído por gelo e rochas. Sua atmosfera consiste na junção de hidrogênio e hélio, essa camada responde por aproximadamente 15% da massa que forma o planeta.

Netuno - tem sua formação baseada na composição de elementos como rocha fundida, água, amônia líquida e metano, além da junção de gases quentes constituídos por hidrogênio, hélio, água e metano, o último é determinante na coloração azulada do planeta.


Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem