Já ouvimos muitas histórias sobre navios fantasmas, e você certamente conhece algum conto sobre esse tema. Todos eles são cheios de fatos assustadores e sinistros, mas poucos são tão aterrorizantes quanto o caso do navio SS Ourang Medan, uma embarcação holandesa com mistérios indecifráveis.

Buscando na internet ou em qualquer biblioteca, você não vai encontrar muitas coisas sobre esse navio, já que pouco foi registrado sobre ele. Diz-se que nem ao menos tenha existido, já que não há nenhum registro de embarcação com esse nome. Porém, a história circula por aí e é repleta de perguntas jamais respondidas.



Um pedido de socorro

Dois navios americanos navegavam pelo estreito de Malaca quando receberam um pedido de socorro em código Morse, vindo de um navio holandês chamado Ourang Medan. Não se sabe exatamente quando isso aconteceu, mas talvez seja provavel que foi entre junho de 1947 e fevereiro de 1948. A mensagem era assustadora e dizia:

"Pedimos o auxílio de qualquer embarcação próxima. Todos os oficiais, inclusive o capitão, estão mortos, caídos na sala de mapas e na ponte. Provavelmente toda a tripulação está morta". Depois, algumas palavras foram pronunciadas, mas somente duas puderam ser ouvidas com exatidão: "eu" e "morrendo".



A ajuda do Silver Star e o susto de sua equipe

Um dos navios mercantes dos Estados Unidos que receberam a mensagem era o Silver Star. Como era ele o mais próximo do Ourang Medan, partiu imediatamente para socorrer a tripulação e também para saber em que poderia ser útil. Quando a equipe da embarcação subiu a bordo, levou um susto sinistro que eles prefeririam não ter presenciado.

Todas as pessoas dentro do Ourang Medan estavam realmente mortas de uma forma assustadora: suas bocas estavam abertas, os olhos arregalados como se estivessem muito assustados e alguns deles até mesmo tinham os braços estendidos como se apontassem para alguma coisa na hora da morte. E, claro, estavam petrificados de terror.



O socorro que não deu certo

O capitão do Silver Star não se conformou com a situação que presenciou e teve a certeza de que algo precisaria ser feito para descobrir o motivo daquelas mortes. Ele, então, decidiu rebocar o navio até o porto mais próximo, solicitando a ajuda de sua tripulação. Porém, aconteceu uma explosão violenta no compartimento de cargas do Ourang Medan.

Isso foi o suficiente para que o capitão e toda a tripulação do Silver Star abandonassem o navio fantasma, soltando as amarras do reboque e partindo sozinho. Poucos minutos depois que a embarcação holandesa afundou, levando para o fundo do mar tudo o que poderia ajudar a desvendar aquelas mortes a bordo.



Sinistro né, isso não acontece muito e quando acontece a gente já fica com muitas teorias.

Qual teoria você teria sobre isso?

Siga o MundialGeek nas redes sociais e não fique por fora dessa e mais notícias do mundo dos navios fantasmas.

Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem