Em 2016 o filme “Doutor Estranho” agradou muitos fãs da Marvel, tanto por conta dos efeitos especiais surpreendentes e como pela atuação de Benedict Cumberbatch. Os fãs de todo mundo estão aguardando ansiosamente pela continuação do longa, previsto para 25 de março de 2022.

De qualquer forma, o insider Daniel Richtman diz que “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” entrará completamente no universo do gênero de terror, ou ao menos para bem longe do que você puder esperar de filmes da franquia do MCU (Universo Cinematográfico Marvel).

Se você observar o currículo do diretor Sam Raimi, faz sentido que ele faça uso desse gênero. Ele tem experiência em dirigir filmes com o tema. Algumas de suas obras associadas incluem “Arraste-me Para O Inferno”, “A Morte do Demônio” (Evil Dead) e “Possessão”. Apesar disso, vale ressaltar que o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, pode orientar o diretor a seguir por uma linha mais branda, considerando que grande parte dos fãs é constituída do público infantojuvenil.

Há anos, a Marvel está usando as mesmas fórmulas para filmes de super-heróis, as quais incluem personagens com problemas paternos (Thor, Gamora e Senhor das Estrelas) e confronto com versões espelhadas de si mesmos, como por exemplo “O Incrível Hulk”, “Homem-Formiga” e “Pantera Negra”.

Enfim, a Marvel sabe que está na hora de reformular suas ideias no MCU, pois o público poderia está ficando cansado de ver a mesma fórmula sendo usada em diferentes histórias.

O filme “Doutor Estranho No Multiverso Da Loucura” terá uma pitada do gênero terror, mas é difícil dizer a dosagem e o quanto isso afetará a obra.

O presidente da Marvel Studios Kevin Feige já anunciou que o longa estrelado por Benedict Cumberbatch será algo com somente algumas “sequências assustadoras”, portanto, quem é fã do gênero precisa segurar os ânimos.

Siga o MundialGeek nas redes sociais e não fique por fora dessa e mais notícias do universo Marvel.

Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem