Wade WilsonDeadpool ganha a vida como um mercenário, mas um mercenário justo.


Sinopse - Deadpool
Wade Wilson, Deadpool ganha a vida como um mercenário, mas um mercenário justo. Ele se reconhece enquanto um sacana impondo limites em sacanas piores que ele. Em seu caminho surgi Vanessa, uma sedutora mulher que se encaixa perfeitamente com seu jeito de ser e viver. Eles iniciam em um diálogo muito competitivo sobre quem mais sofreu na infância.

Os anti-heróis se apresentam o mais próximo dos humanos. Eles estão longe de um comportamento pleno, mas se esforçam para fazer a diferença no mundo. A ênfase aqui é no traço mais humano do Wade Wilson apresentando fascinantemente aspectos humanos, venho trazer em evidência aqui o encontro dele com a sua companheira Vanessa e a sua entrega a esse relacionamento, como se dá.


Conhecemos muitas pessoas ao longo da vida, mas são poucos os que ficam e menos ainda os que fazem a diferença. Mesmo o arquétipo romântico como o Deadpool não o saberia ser sem sua companheira ideal. Ah, essa busca eterna pelo nosso ideal...! qual seria o ideal?! Isso parece tão pessoal, mas é incrível o quão perceptível é quando encontramos a pessoa guardada pra nós. Parece muito romântico isso?! Rsrsrs. Não podemos negar o quão encantador pensarmos que a pessoa das nossas vidas está por aí à nossa procura. o Wade se encontra na Vanessa plenamente e isso por vontade, eles não tem medo de se entregarem. Por mais durões que eles pudessem parecer, eles tinham uma lacuna e se encontram um no outro dentre suas diferenças e seus encontros de cara. Será que é assim, vemos de cara quem nos pertence?!

Por mais escrachado que o cara seja e ele é, Wade passa a demonstrar todo o sentimento guardado dentro de si, sentimento esse demonstrado através de suas ações justas, apesar de ser reconhecidamente um sacana. Ele quer mais do mundo e da vida quando encontra a sua amada, ele quer verdadeiramente viver mais. As músicas românticas ouvidas por ele enquanto sozinho porque gostava mesmo e aspirava sentir paixão agora tinham ganhado sentido. O nosso mundo ganha sentido, né?! Esse amor deles se desenvolve promovendo um crescimento pessoal em ambos, isso é muito importante. Não podemos nos nutrir do outro, mas com o outro, amar, se apaixonar é um sentimento engrandecedor desde que saibamos sentir de forma equacionada, acredito que como em tudo na vida. Não vou ficar pensando que encontrando o amor da minha vida serei feliz para sempre, ou vou. Rsrsrs. A vida é feita de um dia de cada vez, parece doloroso, mas acredito que acima de tudo é justo. Todos os dias temos oportunidades para sermos melhores do que somos.


Romantizar a vida, romantizar o amor em si é uma forte tendência em nós e é inspirador em si. Difícil pensar em duas pessoas que vivam juntas sem amor, sem esse encaixe perfeito. Wade e Vanessa são uma bela referência de encontro de almas e me fazem acreditar que tudo realmente é possível quando tratamos sobre esse assunto. Ela não era perfeitinha e ele... ele é o Deadpool, mas eles se encontram plenamente um no outro. É isso, buscamos por nosso encontro, nosso espelho ou mesmo que de forma aversa. O encontro de almas está acima do que possamos expressar, sempre tentamos nos fazer entender, tentamos explicar esse sentimento que é tão pessoal e tão genuíno, a linguagem entre nossos pares é universal, mas quando tentamos explicar... acho que Deadpool é uma referência sobre esse assunto.

Quando encontramos a nossa parte tentamos ser melhores do que somos, queremos ser merecedores, altruísmo é preciso. É preciso acreditar na lei do retorno, se nos doarmos em nosso melhor também teremos o melhor da vida, do mundo. Sermos coerentes com nossos princípios e ações, falarmos com propriedade é falarmos com verdade. Não adianta sermos de mentira ou o retorno também será. A entrega entre dois amantes precisa inspirar confiança, a entrega a sentimentos implica em uma vulnerabilidade, não dá para confiar desconfiando, clareza sobre o que se quer é preponderante.

Já falamos também sobre O lado bom da vida, em
Na Things Hunter também fiz uma análise de

A verdade pode ser dolorosa, mas é o que deve imperar, principalmente entre duas pessoas. Quando somos sinceros conosco e com os outros, por mais difíceis que sejam as situações, elas parecem se encaixar de alguma maneira e aos poucos tudo vai fazendo sentido, encaixe. O encaixe se dá quando colocamos as cartas na mesa e deixamos de ter blefes, uma carta na manga nada mais é do que esperteza quando aqui, o que mais precisamos é de exposição, nos expormos sobre nossas intenções, nos evitarmos nos machucar e machucar os outros. Sermos nobres implica em fazermos sacrifícios, sermos sinceros é sacrifício. Determinação, clareza sobre nós mesmos é sacrificante, mas necessário para alcançarmos a verdadeira grandeza da alma. Wade Wilson é nobre também sob esse aspecto.


Quando você agi de forma coerente, não importa quanto tempo leve, tudo irá se encaixar na sua vida. Quem poderia ser tão insano quanto o Wade Wilson?! Dentro dessa insanidade houve um equilíbrio permitindo que ele encontrasse o que era realmente para ele. Eh assim a vida, tudo vai se encaixando.


Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem