O nosso pai é certamente o nosso maior herói. No Dia dos pais refletimos sobre a nossa vida ao lado dos nossos pais, sempre nossa maior referência de força e sabedoria, nossa maior representação nesse plano daquele que se sacrifica na tentativa de nós dar possibilidades para sermos quem somos em nossa amplitude, pai é aquele que nos abre os caminhos na vida, nos orienta na escuridão. Por mais que você não tenha tido todos os momentos que gostaria ao lado dessa figura magnífica, os momentos que vocês tiveram e ainda têm são somente de vocês. Nem todos têm aquela família de comercial de margarina tão admirado no comercial da novela das 9:00, mas todos nós temos os nossos grandes momentos em família, na companhia de nossos melhores amigos e mesmo quem não teve essa experiência com pai biológico, tem essa referência, admiração por alguém especial o qual faz valer esse carinho e a representação do super herói, nosso super herói.A figura paternal é de força acima de tudo e isso você atribui a quem lhe deu essa força na vida, esse amor e orientação para ser você. Vamos aproveitar os nossos momentos, a nossa maneira. Meu pai me ensinou que cada pessoa é única, temos que viver o nosso, nossos momentos, nossas vidas. Meu pai, minha maior lição de vida.

Relacionamos aqui uma lista de filmes para aproveitar o dia dos pais lembrando do quão imperfeitos e únicos somos em nossas relações mais profundas, com aqueles que mais amamos. Filmes que trazem a responsabilidade e a leveza necessária para viver e ser referência. Os defeitos nossos e dificuldades da vida são o que a torna majestosa. Siga o exemplo de seu pai, ele chegou longe a maneira dele.


1. O Paizão
Sonny é um homem sem grandes responsabilidades até que se ver tendo que provar sua capacidade sobre a vida adulta a sua ex namorada, depois de ela o ter trocado por um homem mais velho. Ele adota o pequeno Julian e se apaixona pela artr de ser pai. Um filme engraçado e muito amoroso, mostra o cotidiano de um pai novato e sozinho ao lado de uma criança que vê nele o mundo. Uma história emocionante.


2. Capitão Fantástico
Um pai educa seus filhos em uma floresta por opção sua e de sua esposa. Ao se vê tendo que encarar a civilização deixada de lado ele é questionado sobre o método como tem criado seus filhos. Um filme intenso sobre a forma como os pais acredita estarem fazendo o seu melhor por nós. Uma produção contundente, marcante.


3. Meu pai, uma lição de vida
Um clássico da década de 80. Cabe agora ao filho cuidar do pai, na falta de sua mãe, Jhon se vê responsável pelo seu pai com quem nunca havia contando como uma responsabilidade. Ele passa a ser responsável por seus cuidados e acaba refletindo também sobre sua própria vida já tão determinada até aquele momento. Ele se reencontrando com suas origens, vendo em seu pai lições já desmerecidas por ele, mas ainda válidas aos corações. Meu pai, uma lição de vida é um filme atemporal. Um drama válido e legítimo.


4. A procura da felicidade
Chris enfrenta graves problemas financeiros e enquanto tenta resolve-los é deixado por sua esposa com o seu pequeno filho Christopher. Ele luta tentando demonstrar suas habilidades como vendedor para se firmar em uma empresa, mas a sua principal tarefa é como pai, mostrando ao seu filhos a difícil arte de viver. Ele vai ensinando de forma lúdico ao seu filho como tranpor as barreiras da vida sempre lhe garantindo que existem possibilidades, só precisa lutar. Um lindo enredo, extremamente comovente e com um desfecho encorajador por sua garra, persistência ter se mantido. Essa é o verdadeiro embate.


Gostando desta lista de Dia dos pais?
E também temos um especial de mães:


5. Meu Pai
Essa produção nos rendeu a melhor atuação de 2020. Antony Hopkins ganhou o Oscar de melhor ator ao interpretar o idoso Antony, enfrentando Alzheimer ele recusa a ajuda devsua filha e se sente perseguido por todos a sua volta. Todas as tentativas de sua filha Anne acabam sendo dolorosas e aos poucos tudo vai ficando ainda mais distante. Um drama sobre pais e filhos e situações mal resolvidas. Os infortúnios chegam e não conseguimos mais concluir as situações. Anne se vê refém dos cuidados com seu pai e nenhuma vontade dele em colaborar com sua difícil missão. Seria o Alzheimer falando por ele?! Grande filme, uma história muito parecida com algumas que ouvimos as vezes por aí, muito bem representada aqui.


6. Hotel Transilvânia
É uma animação muito válida. É comovente a forma como Dracula se preocupa com sua filha Mavis tão criança ainda, somente 118 anos. Tão bonito seus cuidados para cumprir uma tarefa considerada maternal. Ele cobre perfeitamente a lacuna deixada pela mãe de Mavis e é pai e mãe. Perfeito. É uma animação leve, trabalha bem a difícil tarefa dos pais e suas preocupações com nossa felicidade.


7. Me Chame pelo seu nome
A relação entre pai e filho é a mais bonita já apresentada dentro de um quadro de amizade e companheirismo. A história do filme é muito bonita em si, mas a cena final de pai e filho conversando um ao lado do outro é certamente a mais bonita de todo o filme. Ali o pai se coloca no lugar de seu filho dando testemunho de sua vida e sua total compreensão. A mais generosa forma de amor cabe na cena final.

8. Indiana Jones e a Última Cruzada
O Jovem Indiana tem em seu pai inspiração para as suas aventuras e conta com ele em todas as jornadas. Nesse filme ele ainda se descobre pai de um adolescente e entende bem como era difícil para o seu velho. Uma linda história de companheirismo, aventura e laços de família.



Deixe o seu comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem